Inovação

Digitalização do agronegócio será o destaque do Sebrae na Festa do Boi

A participação do Sebrae na 59ª edição da Festa do Boi vai disseminar a inovação tecnológica como estratégia de rentabilidade para os negócios rurais. O evento será realizado no período de 13 a 20 de novembro próximo.

Natal - O Sebrae no Rio Grande do Norte definiu a programação do seu espaço na 59ª Festa do Boi. O eixo principal da Agência Sebrae Festa do Boi, espaço que está sendo montado pela instituição no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, será a digitalização do agronegócio potiguar como estratégia para agregar valor aos produtos e tornar as atividades mais rentáveis e produtivas. Além de várias capacitações técnicas, cursos, exposição de gêneros terroir e demoday, o Sebrae anuncia uma série de palestras diárias com especialistas e palestrantes de renome nacional, entre eles, José Luiz Tejon, Jardel Beck, Kiko Kislansky, Aretha Duarte, Paula Varejão e Waldonys. O evento começa no dia 13 de novembro e só encerra no dia 20.

A programação será bem diversificada e vai disponibilizar para os visitantes práticas tecnológicas, orientações técnicas, consultorias, capacitações e diagnósticos ágeis de gestão. De acordo com o coordenador do espaço, analista técnico da Unidade de Desenvolvimento Rural do Sebrae-RN, Elton Alves, as atividades serão realizadas no formato híbrido, dando possibilidade de o participante desfrutar de toda a programação, tanto presencialmente quanto de forma remota pela internet.

“A proposta desta edição da Agência Sebrae Festa do Boi é trabalhar fortemente a difusão da importância da digitalização do agronegócio. Essa estratégia é uma tendência irreversível que está diretamente relacionada a maiores retornos financeiros, assim como a criação de novos paradigmas de confiança com o consumidor final, agregando valor aos negócios do campo”, argumenta Elton Alves.

Durante os oito dias da Festa do Boi, o Sebrae vai destacar ações e soluções para o agronegócio e outras cadeias produtivas, capazes de alavancar o desenvolvimento das atividades dos pequenos produtores do estado e também inspirar com idéias e boas práticas quem pretende investir em negócios rurais.

Por isso, a Fazendinha será a porta de entrada do espaço, apresentando aos visitantes experiências exitosas no contexto rural. O visitante poderá mapear as principais necessidades empresariais e escolher as soluções oferecidas pelo Sebrae no próprio ambiente do evento, inclusive tendo a chance de solicitar atendimento continuado da equipe de técnicos e consultores da instituição.

Além disso, será realizada uma exposição dos principais produtos terroir – que são aqueles com características ligadas essencialmente a uma região ou localidade – do Rio Grande do Norte. Os expositores foram selecionados pelo Sebrae para demonstrarem e também comercializarem junto ao público produtos que têm a cara do Rio Grande do Norte.

Grade de palestras

Outro destaque são as palestras magnas. Diariamente, o espaço terá um palestrante renomado que vai bater um papo com o público presente no parque e também as pessoas que acompanham de casa, pela internet.

Estão programadas diversas palestras, sendo a primeira com Jardel Beck, mágico que dará um show sobre os efeitos quea  transformação digital geram para o agronegócio. Beck é escritor, pesquisador e especialista em Marketing e Neurolinguística, mágico premiado internacionalmente e mais de 100 mil pessoas já foram impactadas por suas palestras no Brasil. 

A sustentabilidade entra em cena no segundo dia, com a palestra de Laíse Nunes, do Centro Sebrae de Sustentabilidade. Ela abordará a sustentabilidade como diferencial competitivo para as empresas que desejam se manter no mercado. Laíse será o destaque de um dos eventos paralelos da Agência Sebrae Festa do Boi, a Conferência Estadual de Sustentabilidade. Já Kiko Kislansky minstra a palestra ‘Propósito e Engajamento’, enfocando os negócios de impacto socioambiental. Escritor, co-fundador da Euzaria e Cazulo, premiado em Responsabilidade Social, Kiko Kislansky trará a reflexão no dia 15 de novembro sobre o impacto social que negócios com propósitos podem promover no mundo.

A lista de palestrantes convidados também inclui Aretha Duarte, uma das cinco mulheres brasileiras a atingir o pico do Everest, e a barista Paula Varejão, que vai falar sobre as tendências do consumo de café no Brasil e no mundo. Quem tem ou pretende abrir uma cafeteria vai ter a oportunidade de se aprofundar sobre esse tipo de negócio. 

Além delas, o especlaista em Agronegócio José Luiz Tejon fala dos desafios no agronegócio para o posicionamento das marcas e aumento da competitividade através da melhoria da gestão e da produção, apresentando o marketing como grande aliado para ampliar a percepção do valor da marca e produtos no mercado. Tejon é professor, doutor, escritor, jornalista e publicitário, especialista e comentarista da área de agronegócios. A última atração será uma palestra Show com Waldonys, empreendedor e músico.

Estrutura e eventos

Elton Alves destaca que a Agência Sebrae Festa do Boi será um espaço mais aberto e conectado. “Sem estruturas fechadas de salas e auditórios, devido ao contexto da pandemia”. O coordenador informa também que haverá vários setores dentro do ambiente, como os estandes dos patrocinadores, estande institucional do Sebrae com atendimento empresarial, ambiente de coworking, área gastronômica com Café Santa Clara, 4ª Exposição de Queijos Artesanais e Ostras da Pipa. “Teremos um hub de parceiros com diversas instituições parceiras do Sebrae oferecendo seus serviços no ambiente e a competição Startups Inova Agro, que reunirá universitários que desenvolverão soluções para o agronegócio e serão premiados”, ressalta.

Entre os eventos paralelos, estão a já mencionada Conferência Estadual de Sustentabilidade, o Fórum Potiguar de Empreendedorismo Social e Negócios de Impacto, o Curso de Barista que será realizado na escola Observatório do Café (fora do parque), o Demoday do Programa Quartzo, o lançamento da Sweet Coffee Week Terras Potiguares, o Café Empreendedor – Encontro de Baristas, Torrefadores e Empresários do Café, o Seminário Fruticultura 4.0, Rede Mulheres de Valor – Seminário de Empreendedorismo Feminino e o Seminário de Cotonicultura e Agroecologia do RN.