Confecções

Encontro online vai fomentar negócios do setor têxtil do RN

Promovido pelo Sebrae e a ABVTEX, o Encontro de Negócios da Moda vai aproximar empresas potiguares da cadeia de serviço de costura de redes de varejo nacionais.

Natal – Estimular a geração de novos negócios e aquecer a cadeia produtiva da moda no estado. Este é o principal objetivo do Encontro de Negócios da Moda que será promovido pelo Sebrae em parceria com a Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX) nos dias 22 e 23 deste mês de abril. A ideia é estimular parcerias entre as empresas potiguares que prestam serviços de costura e confecções e as principais redes de varejo de moda do país. O evento acontecerá de forma remota durante os dois dias, no horário das 14h às 18h, mediante contatos previamente agendados. A inscrição das empresas que vão ofertar os serviços pode ser feito pelo link http://bit.ly/EncontroDeNegociosOfertante/.

A expectativa dos organizadores é que esse encontro fomente a ampliação de fornecedores da cadeia de suprimento de demandas para confecção de peças entre as companhias associadas à ABVTEX, e, para os pequenos negócios do Rio Grande do Norte inseridos nesse segmento, a diversificação de parcerias comerciais junto aos grandes players do setor têxtil brasileiro. Isso porque a associação congrega marcas, como Renner, Riachuelo, C&A, Marisa, Americanas, Calvin Klein e Aramis, que vão atuar no evento como demandantes desse tipo de serviço.

O encontro está estruturado nos moldes de uma rodada de negócios online em que as oficinas de costuras do estado poderão apresentar o portfólio de serviço e a capacidade produtiva, capazes de suprir as necessidades dessas companhias, incluindo a operação denominada de ‘private label’, em que um ente da cadeia produz um produto e o vende com exclusividade no atacado para uma rede de grande capilaridade de distribuição e poder de venda no varejo. Esse modelo dispensa investimentos em marketing, amplia o volume produtivo por parte do fabricante e também garante a entrada do produto local em pontos de venda consolidados no mercado nacional.

Chamadas de ofertantes, essas empresas terão um tempo para expor aos compradores o potencial, qualidade e know-how adquiridos ao longo dos últimos cinco anos, principalmente aquelas que já detêm o selo da associação. Essa certificação garante uma série de exigências e controles requeridos pelo mercado de moda do país.

Metodologia da rodada virtual

“A expectativa do Sebrae, com a promoção desse encontro, é aproximar e divulgar o potencial têxtil de nossas empresas e prospectar novas parcerias com grandes redes, que podem utilizar os serviços de costura dos pequenos negócios do estado. Vamos utilizar a metodologia da rodada de negócios, mas de forma virtual. Cada comprador estará em uma sala virtual e as ofertantes poderão entrar, com o agendamento prévio, para conversar e expor os seus diferenciais”, explica a analista técnica da Unidade de Desenvolvimento Setorial do Sebrae-RN, Verônica Melo.

A analista técnica da Unidade de Negócios, Inovação e  Tecnologia do Sebrae, que está organizando o evento, Daniela Tinoco, esclarece que a proposta do encontro é aproximar esses atores estabelecendo possíveis conexões das duas pontas da cadeia e abrir espaço para parcerias futuras, mostrando que as empresas potiguares têm capacidade de atender às demandas dessas redes de varejo. Daniela lembra que devido à pandemia da Covid-19, essas organizações têm registrado um crescente volume de vendas online, via plataformas digitais, em função do fechamento de lojas físicas devido ao isolamento social, que direciona o consumo para o universo virtual.