ECONOMIA CRIATIVA

Estilista e artesãos lançam coleção “No Sertão não temos Guerra, nós temos Moda”

O projeto foi o único aprovado na categoria artesanato no Edital de Economia Criativa do Sebrae-RN, que contemplou 23 projetos, dos quais 13 foram elaborados tendo como base a temática da 2ª Guerra Mundial no RN

Talento de artesãos e estilista resulta em coleção de moda em CaicóCom referências na 2ª Guerra Mundial, a estilista caicoense Geórgia Dantas lançará nessa sexta-feira (30), no Salão Nobre da Antiga Prefeitura de Caicó, a coleção “No Sertão não temos Guerra, nós temos Moda”. O projeto foi aprovado no Edital de Economia Criativa do Sebrae-RN, único na categoria artesanato, e conta com apoio da COASE e do CRACAS – Comitê Regional das Associações e Cooperativas de Artesãos do Seridó.

“Ao som de muitos aviões apresentaremos o nosso exército da Moda e da Paz. Ele foi bombardeado intensamente, dias e noites, por trabalhos manuais e muito talento: bordados, fuxicos, patchwork, crochês, palhas, pontos, agulhas e amor”, destaca a estilista Geórgia, que também é diretora criativa da marca Gueorgia.

Além do desfile e da apresentação dos protagonistas da coleção, com o bate-papo “Esse Sertão é terra de artista, de artesão”, a programação contará com mesa redonda com alunos do curso de Design de Moda do IFRN Caicó e com mais dois desfiles: Sophie Marrye (moda autoral infantil, Natal) e DePedro (moda autoral agênero, Caicó). “A proposta foi agregar tudo e transformar em um evento de moda - Fashion Day”, enfatizou Geórgia.

O Edital de Economia Criativa aprovou 23 projetos, dos quais 13 foram elaborados tendo como base a temática da 2ª Guerra Mundial no Rio Grande do Norte, que está sendo trabalhada e desenvolvida pelo Sebrae-RN através do Projeto Destinos Turísticos Inteligentes. Foram 111 projetos inscritos nesta edição, nas diversas áreas, como dança, música, artes cênicas, editoração, entre outras. Na categoria Artesanato, apenas o projeto de Geórgia foi contemplado no edital.

“O envolvimento da arte local com nossa história faz acontecer negócios sustentáveis e fortalecer cada vez mais a economia regional. E o edital de Economia Criativa socializa essa oportunidade do profissional da cultura mostrar e colocar em prática seus projetos”, reforça Pedro Medeiros, gerente do escritório regional do Sebrae em Caicó.