Inovação

Inovação e sustentabilidade entram nos debates do segundo dia do GO!RN

Um dos destaques do último dia do maior evento de empreendedorismo inovador do estado é a palestra internacional do professor Breno Nunes, da Universidade de Aston (Inglaterra). Ele vai abordar as tendências do mercado na área de inovação sustentável.

Natal- Informações técnicas, robótica, games, finanças, startups, capacitação e tendências de mercado. Tudo isso é o que reserva a programação do segundo dia do GO!RN 2021, que foi aberto nesta quinta-feira (21), no hotel Holiday Inn. Apesar da solenidade de abertura ter sido presencial, o evento está sendo todo realizado em ambiente virtual. O tema inovação sustentável é um dos destaques da programação desta sexta-feira e será abordado pelo professor doutor Breno Nunes, da Universidade de Aston (Inglaterra) em palestra prevista para as 9h. No período da tarde, está marcado um papo interativo também internacional entre fundador da VivaReal, Brian Requarth, e o cofundador da fintech Flourish Fi, Pedro Moura.

O GO!RN 2021 é um evento idealizado pelo Sebrae e cocriado com as instituições integrantes do ecossistema de inovação do Rio Grande do Norte a partir do Startup Day. Em duas edições iniciativa se consolida como o maior evento do empreendedorismo inovador no estado. Isso porque oferece mais de 100 tipos de atividades simultâneas, distintas e gratuitas, que são disponibilizadas em seis palcos virtuais de uma plataforma online. A programação do evento, que encerra nesta sexta-feira, pode ser conferida no site www.go.rn.sebrae.com.br/.

O evento tem muitos assuntos a discutir, porém, um dos destaques é a tríade sustentabilidade, empreendedorismo e responsabilidade social. Palestras marcadas para o último dia vão tratar desses assuntos. É o caso da palestra internacional Inovação Sustentável: Tendências e Desafios no Mercado Global, ministrada por Breno Nunes. Ele é docente da Escola de Negócios da Universidade de Aston, na Inglaterra, além de ser vice-diretor do Centro de Pesquisas em Economia Circular e Sustentabilidade Avançada e vice-presidente da Associação Internacional em Gestão da Tecnologia.

Outro atrativo da programação é papo interativo Pedro Moura e Brian Requarth. Esse último deixou a Califórnia para se instalar na América Latina onde fundou a VivaReal, que posteriormente se fundiu com a Globo e operou a sua venda para a OLX. Numa espécie de entrevista os dois empreendedores vão destacar erros e acertos nessa jornada e mostraram perspectivas diferentes e convergentes para inspirar empreendedores potiguares participantes do evento a fazerem acontecer.

Solenidade de abertura

O GO!RN contou com uma solenidade de abertura presencial, realizada no hotel Holiday Inn. Durante a cerimônia, o diretor técnico do Sebrae-RN, João Hélio Cavalcanti, destaca que a instituição tem um papel fundamental no fomento ao ecossistema de inovação e que a realização do GO!RN pelo segundo ano consecutivo é uma oportunidade de disseminar o tema inovação para todos, especialmente às empresas e instituições que estão fora do ecossistema. “Estamos tratando de temas muito importantes para o futuro dessas empresas. É uma oportunidade de conectar as micro e pequenas empresas à tecnologia e inovação. Nosso papel é levar até essas empresas conhecimento sobre a inovação, que é determinante, estratégica e essencial ao desenvolvimento econômico e social”, avalia.

João Hélio reitera que a inovação não só contribui para aumentar a competitividade dos pequenos negócios, como também é o único caminho para torná-los sustentáveis. O diretor de Inovação da Federação das Indústrias do RN - FIERN, Djalma Júnior, acredita que a cultura é o maior desafio para introduzir a inovação na pequena empresa. “Para o empresário é um desafio inserir a inovação e até mesmo redesenhar seus negócios nesse processo inovador. Por ser dono de uma pequena empresa, o empresário, na maioria das vezes, atua em várias áreas do seu negócio, seja financeira, de produção e até mesmo de pessoas. Isso limita muito o tempo para planejar o seu negócio e pensar na temática inovação”, analisa.

Também presidente da Comissão Temática de Inovação, Ciência e Tecnologia da FIERN (COINCITEC), Djalma Junior reitera que é preciso quebrar o paradigma de que inovar é ter um produto novo e sim disseminar a cultura nas pessoas para usarem ferramentas de inovação. Segundo ele, o nível de maturidade das empresas no sentido de adotar a inovação como algo estratégico é ainda muito baixa. Djalma lembra que o Brasil está no 57º lugar no ranking do Índice Global de Inovação e que é preciso que haja uma mudança de mentalidade, sobretudo no atual momento da conjuntura nacional e mundial.

O palestrante do primeiro dia do GO!RN e ex-superintendente de Florianópolis/SC, Marcus Rocha, destacou na sua apresentação os caminhos e desafios para um ecossistema de empreendedorismo inovador, visando o desenvolvimento sustentável.

“É preciso que seja formado um ecossistema bem estruturado para dar suporte às empresas, sobretudo as de pequeno porte. Quando falamos de ecossistema, precisamos de pessoas com competências formadas por universidades e escolas técnicas, o apoio de instituições de ciência e tecnologia, que transformem esse conhecimento em entregas de soluções para resolver os desafios da sociedade, das empresas envolvidas e do apoio do poder público com mecanismos de suporte, sobretudo de desburocratização. Só assim é possível se criar um solo fértil para que as pequenas empresas inovadoras consigam se desenvolver num ambiente favorável”, defende Marcus.

O GO!RN teve origem no antigo Startup Day e segue a mesma proposta, porém, mais abrangente. São mais de 20 eventos em um mesmo ambiente, totalizando mais de 100 atividades como palestras, mini-cursos, painéis e mesas redondas, previstas para ocorrer nos seis palcos, simultaneamente.

O GO!RN 2021 é uma correalização do Sebrae-RN com a Jerimum Valley, Potiguaras Valley, LEP, CDL Jovem, Salt Valley, b.connect, Junior Achievement, Parque Instituto Metrópole Digital – IMD e incubadora INOVA, RN Júnior, Seahub, PONG, Potilivre, WiE, Arara Furtacor, incubadora ITNC-IFRN, e-Labora da UnP, incubadora inPacta da UFRN, Prefeitura do Natal e Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte, com destaques ainda para os eventos do ALI, o ALIFLIX, e o Tech for Good.