Turismo

Investe Turismo RN pretende ampliar competitividade do setor

O programa foi lançado no Rio Grande do Norte e prevê ações de investimentos, incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, marketing, inovação e melhoria dos serviços em nove municípios

João Hélio (centro) destaca os diferenciais do RN, como a Rota da Segunda Guerra Natal – O Rio Grande do Norte terá R$ 1,3 milhão para reestruturar os principais destinos turísticos da costa potiguar. Os recursos vêm do programa Investe Turismo RN – Rota Natal e Litoral, que vai desenvolver um pacote de ações de investimentos, incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, marketing, inovação e melhoria de serviços turísticos de nove municípios. O programa foi lançado nesta terça-feira (4), no Hotel Barreira Roxa, e faz parte de uma ação conjunta entre Sebrae, Ministério do Turismo, Embratur e Secretaria Estadual de Turismo (Setur).

A proposta do Investe Turismo é unir forças entre setor público, instituições e iniciativa privada para preparar e promover a competitividade desses destinos. A Rota Natal e Litoral engloba os municípios de Natal, Parnamirim, Extremoz, Maxaranguape, São Miguel do Gostoso, Touros, Tibau do Sul (incluindo a Praia de Pipa), Galinhos e Baia Formosa – todos receberão as ações do projeto.

Esses destinos receberão uma série de ações organizadas em quatro linhas de trabalho, que vão desde o fortalecimento da governança, por meio de uma agenda estratégica entre setor público e privado; a melhoria dos serviços e atrativos turísticos, com foco especial nas micro e pequenas empresas; marketing e apoio à comercialização, por meio de campanhas, produção de inteligência mercadológica e participação em eventos estratégicos; e a atração de investimentos e o apoio ao acesso a linhas de crédito e fontes de financiamento.

_Olho_

A intenção do programa é desenvolver as vocações do turismo nas rotas contempladas, fazendo da indústria de viagens um impulso econômico para toda a região. Os detalhes da implementação do programa foram apresentados pelo gestor do Investe Turismo RN no Sebrae, Yves Guerra.

Durante o lançamento, o diretor superintendente em exercício do Sebrae-RN, João Hélio Cavalcanti, destacou a parceria entre as instituições e órgãos envolvidos para executar o programa. “Precisamos ter forte convergência e potencializar o que já estamos fazendo. Muitas iniciativas são implementadas isoladamente, mas, numa época de recursos tão escassos, por que não aportamos recursos em uma única iniciativa como o Investe Turismo? O nosso compromisso maior que temos é com a geração de trabalho e renda, e isso está diretamente ligado à competitividade e ao mercado”.

O diretor destaca um dos diferenciais que o Rio Grande do Norte, especialmente as cidades de Natal e Parnamirim, tem em comparação com os demais estados contemplados com o programa Investe Turismo, que é um roteiro sobre a participação do RN no contexto da II Guerra Mundial.

Rota do Descobrimento

Aluízer Malab ressalta que a tendência do turismo é se regionalizar“Estamos apostando muito nesse produto. Até julho, estaremos entregando equipamentos, produtos e roteiros”. Ele também adiantar que quer desenvolver a Rota do Descobrimento, uma nova opção para de roteiro para o Litoral Norte, explorando o episódio da descoberta do Brasil e também se amparando na polêmica tese de Lenine Pinto de que os portugueses primeiro teriam chegado ao Brasil na Praia do Marco, no município de Touros. “Esperamos que ainda este ano, além desses, outros recursos venham e trazer o turismo para um momento melhor do que vive hoje”. O diretor de Operações do Sebrae-RN, Marcelo Toscano, também participou da solenidade.

O diretor regional do Senac-RN, Raniery Pimenta, afirmou que o programa é importante para a economia do estado e que o Senac vai trabalhar com a capacitação e governança das câmaras municipais, cuja me metodologia foi desenvolvida em parceria com o governo alemão. “Queremos contribuir para que os diversos apoios das áreas turísticas dos municípios possam se conversar e contribuir para que as coisas aconteçam de forma eficiente e eficaz”. Inicialmente, será feito um diagnóstico, previsto para julho, seguido da capacitação. Entre janeiro e março do próximo, será feito um mapa estratégico que vai pautar a atuação de todos os municípios na área turística.

Turismo regional

A secretária estadual de Turismo, Ana Maria Costa, acredita que o Investe Turismo RN vai possibilitar, não apenas um incremento de visitantes, mas principalmente a ampliação da permanência desse turista. “Trazer esse investimento para cá é primordial. Apesar de esses nove municípios já terem uma demanda grande de turistas, os destinos precisam ser melhor trabalhados para que haja inovação na governança”.

O secretário Nacional de Desenvolvimento e Competitividade do Ministério do Turismo, Aluízer Malab, veio ao Rio Grande do Norte lançar o programa, que também está sendo implantado em outros estados do Brasil. “Isso que a gente está propondo agora, com as primeiras rotas e os primeiros municípios, liderando um trabalho contínuo que será estendido por toda a gestão. “A gente precisa definitiva de um projeto de Brasil que deve ser feito por todos os integrantes (da cadeia do turismo), pois quem entende mesmo de turismo está na ponta, é quem faz”. Segundo ele, cada vez mais a regionalidade, a localidade, tem determinado os destinos e é isso que o programa vai trabalhar.

Serviço:
www.rn.agenciasebrae.com.br
http://www.rn.sebrae.com.br
http://www.facebook.com/SebraeRN
http://www.twitter.com/SebraeRN
Call Center: 0800 570 0800
Agência Sebrae de Notícias (ASN RN): (84) 3616-7911