Pertinho de Casa

Plataforma fomenta compras em estabelecimentos de bairro no RN

O aplicativo Pertinho de Casa estimula consumidores a adquirem produtos no próprio bairro. A ferramenta chega ao Rio Grande do Norte com 1.800 estabelecimentos cadastrados

Natal – Quanto mais perto estiver, mais rápido pode chegar. Essa máxima da logística pode ser uma forte aliada para incrementar o comércio de bairro também. Por isso, o Sebrae se uniu a parceiros experientes do meio digital e do comércio eletrônico, como Accenture, Facebook, PagSeguro, Vtex e Yami, para desenvolver uma plataforma que estimula compras virtuais feitas dentro do próprio bairro. 

Trata-se do Pertinho de Casa, uma ferramenta que pode ser acessada pela internet (https://pertinhodecasa.com.br) ou via aplicativo, disponível para os sistemas Android e iOS, e ajudar consumidores adquirirem produtos de estabelecimentos próximos da residência e com a comodidade da entrega, sem necessidade de deslocamentos com rapidez, uma facilidade em tempos de pandemia. A plataforma chega ao Rio Grande do Norte com uma carteira de 1.800 pequenos estabelecimentos cadastrados.

_Olho_

A grande vantagem para os consumidores é que tudo pode ser comprado bem perto de casa, o que favorece rapidez e a aquisição de gêneros alimentícios, por exemplo, mais fresquinhos. Pelo app ou site, o cliente digita o endereço com o CEP e a plataforma mostra todos os negócios cadastrados mais próximos da residência. Com o carrinho de compras montado, o pedido é enviado para o vendedor pelo WhatsApp e o cliente recebe uma mensagem ou contato para combinar o pagamento e a entrega sem precisar sair de casa. Uma alternativa para livrar às taxas cobradas por aplicativos de delivery.

É possível fazer pesquisas por geolocalização e mapa para exibir os negócios dentro do raio de busca. O usuário também pode filtrar os estabelecimentos por categorias e meios de pagamento, com navegação personalizada, visualização de vitrine de produtos e do carrinho de compras. Tudo com acompanhamento do pedido via WhatsApp.

A plataforma digital é completamente gratuita e faz a conexão direta entre os consumidores e os pequenos negócios, com a utilização do GPS. A proposta principal é gerar comodidade para consumidores e ajudar microempreendedores a potencializar a presença digital de forma sustentável a longo prazo. Através desse canal digital, os comerciantes de pequeno porte podem se aproximar dos consumidores do bairro e realizar vendas localmente.

Conexão local

“É uma maneira prática de conectar mercadinhos, mercearias, padarias e outros tipos de pequenos comércios aos moradores de determinadas localidades, sem custos para digitalização do negócio. E o melhor, ampliar o volume das vendas”, ressalta a gerente da Unidade de Soluções e Relacionamento do Sebrae-RN, Tathiana Udre.

Tathiana Udre explica que, para o pequeno negócio, é uma solução completa para criação de uma página com loja virtual de maneira muito simples e rápida. Nela, o vendedor pode gerir as informações da loja, formas de pagamento, frete e os produtos. O microempreendedor pode divulgar os produtos e serviços gratuitamente, ao criar uma lojinha digital simples e acessível, podendo ser criada em menos de três minutos. Cerca de 1.800 comerciantes potiguares já estão adotando esse meio de comércio e incrementando as vendas do negócio.

Pela plataforma, o empreendedor cria um perfil personalizado, contendo informações de pagamento, entrega e catálogo de produtos, que podem ser adicionados manualmente ou importados de uma planilha. Esse comerciante pode ainda criar um lnk para compartilhamento com total integração com WhatsApp e Instagram.

O cadastramento dos pequenos negócios também é bem fácil. Basta acessar o site https://pertinhodecasa.com.br/ e clicar na opção ‘Cadastrar Meu Negócio’. Para os consumidores, é simples também. É só criar um login que serve, tanto para o site, quanto para o aplicativo.

“A pandemia exigiu a presença digital das empresas e esse processo muitas vezes envolve custos. E o novo perfil de consumidores busca esse tipo de facilidade. Com essa plataforma, o processo fica mais simplificado para clientes e empreendedores. Mas o maior ganho é o desenvolvimento local, do bairro, da cidade. Ao comprar nos estabelecimentos da redondeza, o dinheiro circula dentro da localidade. Ganha o cliente com a rapidez do atendimento personalizado, ganha o pequeno negócio, que fica fortalecido na comunidade. É isso que o Sebrae espera”, conclui Tathiana Udre.